Diários de Extermínio - A Guardiã

Oi, amores! ♥
Quem é que nunca dedicou alguns momentos da sua vida a escrever ou rabiscar algumas linhas em um diário? A maioria das meninas fazem isso e com Lilian Moore não é diferente. Hoje vamos conhecer um pouco da história dela.


Título: Diários de Extermínio - A Guardiã
Autor: B.R. Peruzzo
Editora: Editora Skull
Onde encontrar: Editora Skull / Amazon
Avaliação: 4/5

Sinopse:

DESCUBRA, SOBREVIVA, DESEJEO crepúsculo de todas as batalhas se dá nos momentos mais tenebrosos que existem. Assim como as noites mais obscuras, o mundo é um lugar sombrio, cheio de segredos.Quando o universo estava afundando em seu momento de maior lástima, os Guardiões surgiram para trazer o alvorecer, a luz e a paz de volta ao universo, ao nosso mundo e à Terra.Meu planeta natal, Zodark, foi destruído pela ganância de meu povo, e a Terra está prestes a ser destruída também, pelo mesmo motivo. Mas eu não permitirei.Meu nome é Lilian Moore, eu sou uma Guardiã, a que salvará a Terra e Zodark. Pelo menos é isso que eu espero!A Guardiã traz uma história épica, cheia de ação, aventura e ficção, feita para agradar a todos os públicos.

Lilian perde os pais de forma misteriosa e vive sua infância em um orfanato de freiras no Rio Grande do Sul até completar a maioridade. Com 18 anos e a herança deixada pelos pais, ela decidi mudar-se para o Rio de Janeiro e começar uma nova vida cursando a faculdade de astronomia.
Nos primeiros dias de sua nova vida ela conhece Douglas, eles logam viram amigos e quando começa a surgir algo a mais ele mostra seu verdadeiro eu. Lilian é sequestrada e levada para um laboratório onde aprenderá sobre sua verdadeira identidade: uma guardiã do planeta Zodark com poderes para salvar ambos os planetas.
A estória toda, como fala o título, é narrada em forma de diário. Conhecer a infância de Lilian até ela descobrir sua identidade foi algo leve, como ler um romance adolescente. Conhecer seus novos amigos e amores instantâneos também não foi algo difícil. Mas, a partir do momento em que ela é sequestrada fica algo um pouco confuso, um pouco difícil de entender toda a nova situação ao ponto de deixar os leitores perturbados com tudo o que está acontecendo e com tantos questionamentos iguais com respostas repetitivas. (não sei se foi proposital, se foi o autor está de parabéns)
Apesar de uma narrativa corrida, o autor soube detalhar as cenas e passar como eram os lugares, naves, armamentos, preparação, até mesmo como era Zodark e os zodarkianos. E com as ilustrações podemos ter uma ajudinha a mais para imaginar algumas cenas. Essas ilustrações trouxeram um charme a mais para a beleza do livro que tem uma capa muito bonita. (só lembrando que roxo é minha cor favorita rs').
Ao passar das páginas conseguimos pegar algumas referências de outro livros, o que achei bem bacana, pois o autor não copiou as estórias que possam ter inspirado ele a escrever. O livro traz uma pitada leve de romance, drama, ação, ficção e distopia.
O autor consegue concluir a estória de maneira satisfatória e ainda deixa ao seu final o início do segundo diário de Lilian Moore, Diários de Extermínio - A Destruição, para aguçar a curiosidade dos leitores.

Sobre o autor
B. R. Peruzzo é um escritor gaúcho, nascido em 1996. Desde novo, tem uma imensa paixão pela escrita e pela leitura, criando suas próprias histórias. Mora em Caxias do Sul com seus pais, sua linda Chow-Chow, um linguiça chato e uma gata louca. É comprometido e tem sua irmã como uma grande amiga e apoiadora. A Guardiã é o primeiro livro da saga Diários de Extermínio.

Beijinhos, Kim.

2 comentários