Halloween



Oi amores!
Tudo bem com vocês? Espero que sim.
Hoje quero falar pra vocês um pouco da história do Halloween que vi no www.calendarr.com . Quero também indicar alguns livros que li de terror, horror, suspense e thriller.

"O Dia das Bruxas, ou Halloween, é comemorado anualmente em 31 de outubro.

Mesmo sendo considerado parte de uma cultura tipicamente americana e irlandesa, o Dia das Bruxas se espalhou por todo o mundo. Assim, adaptou-se através do sincretismo das superstições e lendas de cada região com o conceito moderno norte-americano do Halloween.
Etimologicamente, a palavra "halloween" é derivada da expressão inglesa "hallow evening", sendo que o termo hallow quer dizer "santo", e eve significa "véspera".
Acredita-se que a festa, que acontecia entre os dias 31 de outubro e 1º de novembro, e era celebrada pelos povos celtas, chamava-se Hallow Evening e foi abreviada posteriormente para Hallowe´en, até chegar à forma atual Halloween.

Origem do Halloween

A celebração original era chamada de Samhain, que significa "Fim do Verão".

Dia das Bruxas

As primeiras comemorações do Halloween teriam surgido há mais de 2,5 mil anos com o povo celta.
Eles acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro, de acordo com o antigo calendário celta), os mortos e espíritos malignos saíam de suas tumbas para atormentar os vivos.
Para tentar se proteger dos "mortos-vivos", os celtas decoravam as suas casas com objetos macabros, como ossos e caveiras, acreditando que com isso podiam afugentar as "forças do mal".
As pessoas que festejavam a data durante a Idade Média eram perseguidas e levadas à fogueira da Inquisição, acusadas de bruxaria e prática de magia negra.
Para tentar cristianizar a data, a Igreja Católica criou o Dia de Finados (2 de novembro), para celebrar a alma das pessoas que já faleceram.

Nos países anglo-saxões a tradição foi se transformando, sobretudo após a Reforma Protestante. A festa foi mudando para uma celebração infantil com direito a fantasias, doces e brincadeiras. Também as igrejas protestantes perseguiam quem comemorava este dia."


Meia Noite
Autor: Daniel Henrique
Sinopse: Três amigas, ansiosas para se aventurar em uma cachoeira no interior do estado de São Paulo têm suas vidas totalmente reviradas quando uma delas desaparece. Agora, duas garotas e um detetive procuram descobrir pistas sobre o paradeiro da menina enquanto um possível assassino pode estar à solta. Conheça um pouco mais de cada personagem ao longo de cada capítulo e se adentre nesse suspense policial.


Relatos de Sangue - A Fórmula de um Psicopata
Autores: Jonas Zair e Hugo Renan
Sinopse: “Um jovem rapaz, aparentemente com uma vida perfeita, surta em um acampamento de formatura, cometendo atos insanos e brutais com vários de seus colegas e professores, antes de ser morto pela polícia.
Samanta, sua namorada fica traumatizada e abalada, mas garante insistentemente para a polícia que aquele rapaz que cometeu a barbárie não era seu amado, ela afirma ter motivos contundentes para acreditar nisso. Com todas provas indicando o contrário, ela acaba sendo taxada como louca. Mas com todas suas forças tenta ir atrás da verdade, chegando à beira da insanidade.
Seis meses após os acontecimentos que abalaram a pequena cidade de Conforto de Cristo, estranhos eventos começam a ocorrer envolvendo os sobreviventes do acampamento, um a um vai sendo eliminado. O experiente detetive Christian Sullyvan e sua equipe terão que correr contra o tempo para desvendar os mistérios que rondam aquele caso. Sully como gosta de ser chamado, inicialmente pensa estar investigando um simples caso de imitador, se aproveitando da situação para ter fama como muitos psicopatas fazem, mas na verdade não faz ideia de que o mistério por trás do assassino é algo com qual nunca lidou, e nem mesmo seus anos de experiência e vivência nos mais terríveis casos serão capazes de prepará-lo para o que está prestes a enfrentar
Um assassino extremamente frio, cruel, sádico, muito inteligente que parece estar sempre a um passo à frente. Ele é capaz de arquitetar as mais insanas perversidades com suas vítimas e também com aqueles que entram em seu caminho.” 


Marina
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Sinopse: "Neste livro, Zafón constrói um suspense envolvente em que Barcelona é a cidade-personagem, por onde o estudante de internato Óscar Drai, de 15 anos, passa todo o seu tempo livre, andando pelas ruas e se encantando com a arquitetura de seus casarões. É um desses antigos casarões aparentemente abandonados que chama a atenção de Óscar, que logo se aventura a entrar na casa. Lá dentro, o jovem se encanta com o som de uma belíssima voz e por um relógio de bolso quebrado e muito antigo. Mas ele se assusta com uma inesperada presença na sala de estar e foge, assustado, levando o relógio. Dias depois, ao retornar à casa para devolver o objeto roubado, conhece Marina, a jovem de olhos cinzentos que o leva a um cemitério, onde uma mulher coberta por um manto negro visita uma sepultura sem nome, sempre à mesma data, à mesma hora. Os dois passam então a tentar desvendar o mistério que ronda a mulher do cemitério, passando por palacetes e estufas abandonadas, lutando contra manequins vivos e se defrontando com o mesmo símbolo - uma mariposa negra - diversas vezes, nas mais aventurosas situações por entre os cantos remotos de Barcelona. Tudo isso pelos olhos de Óscar, o menino solitário que se apaixona por Marina e tudo o que a envolve, passando a conviver dia e noite com a falta de eletricidade do casarão, o amigável e doente pai da garota, Germán, o gato Kafka, e a coleção de pinturas espectrais da sala de retratos. Em Marina, o leitor é tragado para dentro de uma investigação cheia de mistérios, conhecendo, a cada capítulo, novas pistas e personagens de uma intrincada história sobre um imigrante de Praga que fez fama e fortuna em Barcelona e teve com sua bela esposa um fim trágico. Ou pelo menos é o que todos imaginam que tenha acontecido, a não ser por Óscar e Marina, que vão correr em busca da verdade - antes de saber que é ela que vai ao encontro deles, como declara um dos complexos personagens do livro."

Antologia INSANIDADE
Organizadora: Soraya Abuchaim
Sinopse: "A antologia INSANIDADE organizada pela Dark Queen Soraya Abuchaim e com prefácio de Cesar Bravo reúne inumeros contos assombrosos cheios de medo e sangue.
As portas estão abertas, tem coragem de entrar em Santa Dimpna?
Década de 1950. Em uma cidade esquecida no interior do Acre, norte do Brasil, há um sanatório centenário que trata pacientes portadores das mais diversas doenças mentais.
Em meio à construção de pedras cinzentas e geladas, sob o sol inclemente de um verão quente e eterno, escondem-se segredos capazes de assombrar as noites mais tranquilas.
Quartos transformados em celas, salas escondidas, laboratórios secretos, experimentos em humanos.
O que acontece atrás daquelas paredes? Quem são os "doentes"? Quais suas histórias?
Médicos impiedosos, enfermeiras maléficas, gritos que cortam a noite escura. Bem vindo ao sanatório Santa Dimpna."


Até que a morte nos ampare
Autor: Marcos Martinz
"“Ei! Por favor, você não tocou neste livro por acaso. Preciso que me ajude. Eu me casei, sim, isso pode parecer normal, mas, eu estou morta, e não apenas isso, estou condenada a reviver o dia fatídico de minha morte todos os dias.
Quando eu morri? No dia de meu casamento. Para que eu descanse em paz preciso descobrir meu assassino, isso só será possível se você ler a minha história.”
— Rosinha, a noiva.
Rosinha morre no dia de seu casamento e está amaldiçoada a reviver essa tragédia por toda a eternidade. Como quebrar esse circulo vicioso de flores, bolinhos, convidados e uma morte horrível?
Descobrindo seu assassino."



Objetos Cortantes
Autora: Gillian Flynn
"Com reviravoltas surpreendentes, Sharp Objects: Objetos cortantes narra o retorno da repórter Camille Preaker, recém-saída de um hospital psiquiátrico, à sua cidade natal para investigar o brutal assassinato de uma menina e o desaparecimento de outra. Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã que praticamente não conhece. Hospedada na casa da família, a jornalista precisa lidar com as memórias difíceis de sua infância e adolescência. E à medida que as investigações para elaborar sua matéria avançam, Camille passa a desvendar segredos perturbadores, tão macabros quanto os problemas que ela própria enfrenta."



Polly
Autor: Gabriel Cordeiro
Sinopse: "Mamãe, Polly disse que quer entrar no meu corpo. [...] Aí eu falei que
não e ela até me ouviu, mamãe. Brincou comigo o resto da tarde enquanto o papai estava no trabalho. Só que ontem à noite ela deitou do meu lado na hora de dormir.
Eu acho que a Polly é má!"




Sob os olhos do delírio
Autor: Fábio de Andrade
Sinopse: "O que um senhor solitário assistindo uma garotinha sendo dilacerada por um demônio saltitante, um velho apaixonado e Nikolai, o enfermeiro do hospício Muskov, têm em comum?
Nessa antologia, Fábio de Andrade afoga seus leitores em um mar de agonia enquanto os três infelizes protagonistas só conseguem distinguir a vida da morte enquanto o delírio não tiver consumido por completo seus corpos. Dilemas de desespero, amor e horror são expostos da forma mais simples e poética da palavra, trazendo três situações em que ele deixa na mão do leitor decidir: A tristeza é causa ou consequência?
Deixem que José de Alencar, o enfermeiro Nikolai e o velho marido de Lúcia lhe mostrem o real significado da melancolia em momentos que convergem no sentimento mais antigo e verdadeiro que a raça humana possui: o medo."


O Cemitério
Autor: Stephen King
Sinopse: "Louis Creed, um jovem médico de Chicago, acredita que encontrou seu lugar em uma pequena cidade do Maine. A boa casa, o trabalho na universidade e a felicidade da esposa e dos filhos lhe trazem a certeza de que fez a melhor escolha. Num dos primeiros passeios pela região, conhecem um cemitério no bosque próximo à sua casa. Ali, gerações de crianças enterraram seus animais de estimação. Mas, para além dos pequenos túmulos, há um outro cemitério. Uma terra maligna que atrai pessoas com promessas sedutoras. Um universo dominado por forças estranhas capazes de tornar real o que sempre pareceu impossível. A princípio, Louis Creed se diverte com as histórias fantasmagóricas do vizinho Crandall. No entanto, quando o gato de sua filha Eillen morre atropelado e, subitamente, retorna à vida, ele percebe que há coisas que nem mesmo a sua ciência pode explicar. Que mistérios esconde o cemitério dos bichos? Terá o homem o direito de interferir no mundo dos mortos? Em busca das respostas, Louis Creed é levado por uma trama sobrenatural em que o limite entre a vida e a morte é inexistente. E, quando descobre a verdade, percebe que ela é muito pior que seus mais terríveis pesadelos. Pior que a própria morte - e infinitamente mais poderosa."

Esses foram alguns dos livros que li fora da minha zona de conforto.
Já leu algum desses? Tem algum para indicar?
Deixe sua dica pra mim. Quem sabe eu não tome coragem e leia.
Beijinhos, Kim.



Nenhum comentário